Bertol Sociedade de Advogados

Notícias

Indústria de alimentos no Oeste de Santa Catarina é interditada por falta de medidas contra o coronavírus

Escrito por Bertol Sociedade de Advogados

22/05/2020

Com 86 casos de coronavírus confirmados entre os trabalhadores do local, indústria de alimentos em Ipumirim, no Oeste de Santa Catarina, foi totalmente interditada nesta segunda-feira (18). A fiscalização foi feita pela Subsecretaria de Inspeção do Trabalho, órgão vinculado ao Ministério da Economia, e apontou ausência de medidas contra o avanço do coronavírus no ambiente de trabalho.

O local é um frigorífico de aves e tem cerca de 1.500 funcionários. Segundo os auditores-fiscais do trabalho, a fiscalização encontrou irregularidades no distanciamento seguro entre os trabalhadores na linha de produção e a inexistência de medidas de vigilância para controle do vírus. A unidade já vinha sendo monitorada, ao lado de outros frigoríficos na região, pelo risco de avanço do coronavírus nas indústrias.

A denúncia dos fiscais aponta aglomeração entre os trabalhadores em vários setores da produção, especialmente na sala de corte, onde os empregadores estariam trabalhando “ombro a ombro”, com distanciamento inferior a 50 centímetros. Ainda conforme a fiscalização, foram identificados vários trabalhadores com sintomas gripais que poderiam ser de covid-19 e que não foram afastados do trabalho. A denúncia cita, inclusive, trabalhadores com exame positivo para o coronavírus que foram apenas medicados e seguiram trabalhando.

Os auditores citaram também que a empresa manteve em atividade mais de 40 trabalhadores que pertencem ao grupo de risco. O caso mais grave seria de um funcionário com hipertensão, que não foi afastado preventivamente, contraiu covid-19 e precisou ser internado e entubado por 10 dias.

Um inquérito civil para apurar as irregularidades no frigorífico de Ipumirim está em andamento na Procuradoria do Trabalho no Município de Joaçaba (PTM). Os procuradores responsáveis pela investigação, juntamente com o Projeto Nacional dos Frigoríficos, estão avaliando quais medidas serão tomadas a partir do fechamento da unidade.


Fonte: Jornal NSC

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acompanhe nosso instagram

Assine nossa newsletter