Bertol Sociedade de Advogados

Notícias

Tem novidade: Dicas básicas e práticas de marketing jurídico

Escrito por Bertol Sociedade de Advogados

12/05/2016

Acredite: além de bonito e abrangente, este termo diz muito sobre a sua empresa. A Comunicação Corporativa pode ser mais simples do que em geral imaginamos, sendo necessário apenas exercitá-la e aperfeiçoá-la, no intuito de fazer com que ela sirva como um parâmetro para o seu escritório.

Na prática, Comunicação corporativa é o conjunto de ações comunicativas vindas da empresa para com o seu público interno e externo. Deste modo, a ideia é criar uma reputação positiva ao redor do seu escritório de advocacia, tornando-o interessante, eficiente, confiável e lucrativo. A magnitude deste conceito vai variar, é claro, de acordo com o porte da sua empresa. Como a nossa ideia ao fazer esta coluna sobre marketing jurídico é justamente auxiliar as pequenas e médias empresas que ainda não possuem apoio neste sentido, vamos entrar somente nos méritos mais básicos.

Por não terem este aporte específico, é necessário que a atitude de se preocupar a comunicação parta do(s) líder(es) ou diretor(es) do seu pequeno ou médio escritório. Afinal, é essencial que haja um indivíduo por trás de tudo isso no sentindo de definir ‘o que é e o que não é a empresa’.

Imagine a situação: um cliente liga para o seu escritório de advocacia para tirar uma dúvida e a sua secretária o atende. Ela não sabe responder à pergunta do cliente e nem sabe o procedimento exato para descobrir. Neste meio tempo, o cliente se exalta e imagina o quão desorganizado é o seu escritório. Por isso é ESSENCIAL que, por mais simples que possa parecer, você pense nas possíveis situações em que a sua empresa se comunicará com o cliente e, a partir daí, criar padrões. O que aconteceu no caso citado acima é um grande exemplo de como a comunicação intra organizacional – uma espécie de subcategoria da comunicação corporativa – é importante.

Podemos ainda dividir a comunicação corporativa em dois importantes momentos: a interna e a externa. A interna trata da comunicação entre colaboradores, indispensável na criação de um discurso único e convincente, e a externa da comunicação com o cliente final, que deve ser tão cuidadosa quando a interna e é indispensável se você pretende vender o seu serviço e manter uma carta de clientes fieis – ou seja, é INDISPENSÁVEL.

Busque saber sobre quem são os seus clientes e os seus colaboradores. Procure entender em qual ambiente o seu escritório ou empresa está inserido. Investigue seus concorrentes e seus diferenciais competitivos. Isso tudo é uma maneira de captar informações a fim de manter a tão estimada unidade entre o que é feito e o que é falado. Assim, você consegue entender o que de fato a empresa representa no mundo e também planejar o seu futuro.

Fonte: Marketing Jurídico

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acompanhe nosso instagram

Assine nossa newsletter